Evolucionismo

Evolucionismo

 - Preenchendo Conceitos Amplos
Você está aqui: Filosofia >> Evolucionismo

Evolucionismo - Uma definição geral
"Evolucionismo" significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Por exemplo, há evolucionistas teístas e há evolucionistas ateísticos. No entanto, a premissa básica por trás da cosmovisão evolucionista é ateística. Evolucionistas teístas são aqueles que conseguiram chegar a uma harmonização entre as duas muito distintas cosmovisões: criacionismo e evolucionismo. Evolucionismo, em sua forma mais pura, é a ideia de que este universo é o resultado de acidentes cósmicos aleatórios. A vida surgiu espontaneamente através de processos químicos, devido ao acaso, e todas as formas de vida estão relacionadas e compartilham um ancestral comum - de bananas a aves, de peixes a flores, de macacos a Adão, etc.

Evolucionismo - Uma Visão Ampla
O evolucionismo é uma cosmovisão cujo objetivo é explicar todos os aspectos deste mundo em que vivemos. Ela abrange uma ampla variedade de temas, da astronomia à química à biologia. Na sua essência, ele ensina que houve diferentes fases na evolução do nosso universo:

Evolução Cósmica. Enquanto que a teoria original do Big Bang já esteja "morta", de suas cinzas surgiram várias Teorias Inflacionistas do Universo (TIU). Começando com Alan Guth no final dos anos 1990 (O universo inflacionário: A procura de uma nova teoria de Origens Cósmicas), a comunidade científica tem proposto cerca de 50 variantes para essa teoria. A ideia geral permanece a mesma: no começo não havia nada. Então, uma "singularidade" de repente apareceu, explodiu e o resto é história.

Evolução Estelar, Evolução Química e Evolução Planetária. Após o estrondo primordial, o “Big Bang”, estrelas e planetas evoluíram lentamente. Pensa-se que a explosão inicial produziu hidrogênio, hélio e possivelmente lítio. Estes três elementos se condensaram para formar as primeiras estrelas. Isso é evolução estelar. O calor e pressão incríveis no interior dessas primeiras estrelas agiram sobre o hidrogênio e o hélio, produzindo muitos dos elementos químicos que observamos hoje. Esta é a evolução química. Nós identificamos 118 elementos químicos, do Hidrogênio (H) ao Ununóctio (Uuo). Acredita-se que 90 dos 92 primeiros listados na nossa Tabela Periódica dos Elementos Químicos ocorram naturalmente, com as duas exceções sendo #43 (Tecnécio ou "TC") e #61 (Promécio ou "PM"). Como é que os outros 87 passaram a existir? Aparentemente, eles foram produzidos no interior das estrelas. Quando essas estrelas morreram, esses elementos químicos foram lançados para o espaço. Estes elementos eventualmente se uniram através de forças naturais, condensando-se e formando planetas, mais estrelas e sistemas solares como o nosso. Esta é a evolução estelar e planetária.

Evolução orgânica. Essa é a ideia de que a vida foi gerada espontaneamente em uma sopa "pré-biótica".

Macro-evolução. Esta é a noção amplamente adotada de que todas as variações de vida são relacionadas entre si e descendem de um ancestral comum: os pássaros e as bananas, os peixes e as flores – são todos relacionados. Da sopa ao jardim zoológico através de um período de milhões de anos! Este é o estágio da evolução que Charles Darwin popularizou em sua obra clássica, A Origem das Espécies, publicada em 1859. Darwin não inventou a teoria, mas deu-lhe credibilidade ao fornecer um mecanismo plausível: a seleção natural.

Evolucionismo - Micro-evolução
A fase final ensinada no evolucionismo é a Micro-evolução. Esta fase evolutiva é singular porque os criacionistas e evolucionistas geralmente concordam entre si. Esta é a ideia de que pode haver variações dentro de diferentes tipos de animais. Pode haver pessoas altas, pessoas baixas, negros e brancos. Há muitos tons diferentes de pele e muitas cores de olhos diferentes, mas as pessoas ainda são pessoas. Só porque sua cor da pele é diferente da outra pessoa, isso não significa que você é menos humano do que eles. Não, somos todos humanos, apenas expressamos características diferentes. O DNA humano permite essas características diferentes. No entanto, acredita-se que essa variação seja limitada ao código genético. O próprio código permite a variação, mas existem limites genéticos em ordem para limitá-las (as pessoas não se transformam em não-pessoas e os porcos nunca voam).

Leia mais agora!


Gostou dessa informação? Ajude-nos ao compartilhar esse artigo com outras pessoas usando os botões dos sites sociais abaixo. O que é isso?




Siga-nos:




English  
Social Media
Siga-nos:

Compartilhar:


Perspectivas Científicas de Enxergar o Mundo

Criação versus Evolução
Teoria da Evolução
Criação contra Evolução
Evidência da Evolução
Criação
Evolução Humana
Teoria da Evolução de Darwin
Evolução do Homem
Origem das Espécies
Conteúdo adicional ...

Perspectivas Filosóficas de Enxergar o Mundo
O que a Bíblia declara ser verdade?
Teísmo
Fundadores dos Sistemas de Crenças
Religiões Mundiais
Descubra a verdade
Assuntos populares
Desafios da vida
Recuperação
 
 
 
Pesquisar
 
Add Evolucionismo to My Google!
Add Evolucionismo to My Yahoo!
XML Feed: Evolucionismo
Filosofia Página principal | Sobre nós | Perguntas Frequentes | Mapa do Site
Copyright © 2002 - 2014 AllAboutPhilosophy.org, Todos os direitos reservados.